Monday, May 08, 2006

Pensamentos do Dalai Lima


"Tudo começou no dia em que o Lutero acordou sentindo-se pouco católico."
*
"Quando me pedem para doar órgãos, nem ouvidos lhe dou."
*
"Era tão desafinado que nem metia dó!"

Não chegarão a uma centena, certamente, aqueles afortunados que recebem, diáriamente, no seu e-mail, os pensamentos do Dalai Lima. Com um humor brilhante, por vezes discreto, muitas vezes subtil, com trocadilhos e jogos de palavras que fariam cair de inveja muitos profissionais do humor que por aí se pavoneiam, lá vai este iluminado senhor tecendo as suas graças diárias, há já mais de um ano...
O Jorge Lima não é totalmente alheio à corrente humoristica editorial - e não só! - que passa pelo nosso país: é tradutor de muitos álbuns de tiras humorísticas editados pela Gradiva, Bizâncio, BaleiAzul ou Devir. Destas duas últimas, teve ele a total responsabilidade de traduzir a série Mutts, o que fez com brilho e raro talento. Já em posts anteriores o gabei, como um dos raríssimos tradutores de humor das nossas paragens.
Pois finalmente, a Editora Bizâncio logra lançar uma recolha, embora não exaustiva, dos ditos pensamentos do Dalai Lima, Aqui e ali ilustrados pelo autor: não é um desenho de primeira água, não tem méritos semelhantes aos escritos, mas que são muito eficazes para aligeirar a obra, tornando o volume mais decorativo e atraente.

1 Comments:

Blogger Geraldes Lino said...

Com a reprodução de apenas três frases cheias de subentendidos, jogos de palavras e trocadilhos, criaste-me curiosidade de conhecer a obra desse, para mim até agora desconhecido, Jorge Lima.
Um abraço, Zé Abrantes.
Geraldes Lino

8:53 AM  

Post a Comment

<< Home